Creepypasta: A menina dos olhos negros

17/07/2015 || || ||

Oi oi pra vocês, pessoas queridas! Como sempre, imagem e post não têm nada a ver. Hoje venho postar uma pequena história de terror que eu criei faz um tempinho -mais ou menos em meados de 2010- e nunca inventei de postar. Como eu disse ontem, vou colocar aquelas coisas em prática, já que estou muito parada com o blog e quero dar uma movimentada a mais, postar algumas coisas que eu nunca postei antes. Claro, não há momento melhor do que nas minhas férias, não é mesmo? Então ponto, obrigada, espero que gostem do post. 

ᆤᆤᆤᆤJá passa das três da madrugada, acordei aparentemente sem motivo algum, e pela milésima vez meu pai apagou a luz do corredor. Muito provavelmente, se não fosse pela áspera sede que estava sentindo naquele momento, nunca levantaria de minha confortável cama. Joguei os lençóis para o lado, esfreguei os olhos e fui caminhado pelo corredor escuro, contando apenas com a minha memória da casa que morava há quatro anos para me guiar até a cozinha sem bater ou tropeçar em nada. Abri a geladeira e como eu estava com tamanha preguiça e sono, bebi a água direto do gargalo da garrafa.

ᆤᆤᆤᆤDeixei a geladeira aberta, e a pouca luz que de dentro dela iluminava parte da cozinha, e pela janela de vidro eu a vi pela primeira vez, uma garotinha de cabelos pretos, completamente imunda, arranhada e com manchas de sangue na pele, sem olhos, ou melhor, onde deveria ter olhos, era apenas um vazio negro, fundo e penetrante. Com um sorriso sarcástico no rosto, aparentava estar rindo. Ela estava com a face muito próxima do vidro, e, com a cabeça um pouco inclinada, sussurrava sem parar: "Eu observo você". Eu gritei, larguei a garrafa no chão e corri pra debaixo de minhas cobertas, com a cara enterrada no travesseiro, repetia sem parar: "é só um pesadelo isso não é real, não é real!", tentando me acalmar naquela situação. 

ᆤᆤᆤᆤAlguns dias se passaram depois daquilo, e novamente durante a madrugada levantei pra beber água, afinal, era um costume que eu tinha de acordar com sede no meio da madrugada, olhei pela janela só pra ter certeza que ela não estava lá. Comecei a rir de mim mesma, velha desse jeito e com medo de pesadelos. 

ᆤᆤᆤᆤFui andando pra minha cama e assim que deitei, senti algo em cima de mim, rastejando pra perto do meu rosto, sentia sua respiração congelante bem perto do meu ouvido e àquela altura já estava apavorada, uma leve voz de criança começou a sussurrar em meu ouvido: "eu observo você". Gritei com toda a minha força e meus pais vieram me ajudar, porém eu não conseguia pronunciar uma palavra sequer, estava em estado de choque. A mesma coisa se repetia quase todas as noites, a mesma garota vinha me dizer a mesma coisa: "eu observo você". Não consigo mais dormir, nem comer ou fazer qualquer coisa, ando muito ansiosa, e também não sei quem é essa garota ou o que ela quer, mas de uma coisa eu sei: ela também observa você.


Essa história causou a maior polêmica entre eu e uma amiga da antiga blogosfera, isso porque ela postou a história no blog dela e deu uma treta linda. Depois da treta, eu modifiquei muito a história e ela está um pouco mais longa que a original e também mais descritiva, mas enfim... Se tiverem curiosidade de pesquisar na internet, vão ver que essa pequena história é meio que "real". Exatamente! Ai, como eu amo o terror <3

O chamado espectro "menina dos olhos negros" é bem famoso pelas bandas da Europa, Inglaterra e tals, não é como se fosse uma lenda, tem até relatos de pessoas que realmente viram a menina. Para você aí que tem preguiça, deixo dois links com vocês: (www) (www). Boa noite pra vocês, meus lindos seguidores <3 

2 comentários:

  1. Me perguntando o porquê de ter continuado a ler essa história, como eu vou dormir essa noite????
    Eu amo terror, porém sou tão medrosa pra essas coisas, af.
    Ótimo conto, apesar de me tirar o sono essa noite.

    Até mais♥
    Temakisshi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkk
      Eu amo o terror, mas sou dessas que iria gritar de felicidade se uma coisa dessas um dia viesse a me perseguir então eu não tenho medo e amo deixar as outras pessoas sem dormir com medo de espíritos <3
      Obrigada pelo elogio, boa noite -q

      Excluir

Vai comentar? Leia as regrinhas:

~ Pode abusar dos palavrões o quanto quiserem, mas ofensas serão excluídas. Caso queiram criticar, críticas construtivas por favor;
~ "Seguindo, segue de volta?" Sim, mas fale um pouco do post também;
~ Pedidos? Fiquem a vontade;
~ Lemos a todos os comentários e sempre os respondemos;
~ No fim do comentário deixe o link de seu blog, se gostarmos, seguimos com prazer .

Pode comentar agora!