Mangá: Blood Lad

13/06/2014 || || ||
Yo minna-san! Como vão hoje? Eu dormi pakas e ainda estou com sono o.O' Li este mangá faz muito tempo, mas decidi lê-lo novamente apenas para fazer uma resenha para aquele meu amigo que falei no post retrasado, havia gostado muito do mangá, por isso decidi resenhá-lo agora. Decidi ousar mais nessa resenha, torná-la 100% completa, por isso ela ficou maior que o normal. Coloquei imagens, coisa que eu não fazia antes, cheguei à conclusão que a leitura fica muito mais dinâmica quando há imagens e também sempre tem aquele mangá que você só conhece pelas imagens e não sabe o nome u.u

Sinopse + Personagens

Vlad Charlie Staz é um descendente de vampiros, mas ele não é interessado em sangue humano, pelo contrário, gosta das coisas que os humanos produzem, principalmente os japoneses. Ele é o chefe de um dos territórios do mundo demoníaco -também chamado de Makai-, por isso não pode ir ao mundo dos humanos -Ningenkai-, sem falar que o sol do mundo humano é mais forte. No primeiro capítulo do mangá ele conhece Yanagi Fuyumi, estudante do colegial japonês que foi parar lá no território dele através de um método e de razões desconhecidas. Ela é tímida e fofa, tem bom coração e é muito inocente. Mas aconteceu um imprevisto, Staz teve que se distanciar dela por uns segundos para deter um invasor de seu território, nesse tempo Fuyumi foi morta por um monstro e se tornou um fantasma. Observando seus ossos, e sua alma, Staz prometeu trazê-la de volta à vida.

Há outros personagens no enredo, Wolf -imagem de baixo, primeiro personagem- é um amigo de infância de Staz, mas rival do mesmo. É conhecido como “Rei lobo” por ele ser lobisomem e chefe de vários territórios do Makai, ele é temperamental e odeia as pessoas que fazem as coisas pela metade. Raido Raberu, uma caçadora de tesouros que tem uma atração para as coisas que estão secretamente escondidas. Ela tem uma magia que a possibilita abrir portais de acesso a qualquer lugar, inclusive para Ningenkai. Mamejirou e Saty, os dois possuem três olhos e trabalham no “Third Eye”, um café no território de Staz. O terceiro olho -Eagle Eye- dos dois são capazes de de revelar e ver através de qualquer coisa, mas Mamejirou sem Saty só pode usar o seu “Eagle Eye” para ver a área ao seu redor. Mamejirou é um pequeno animal, tem um aspecto bonito, mas é falante, um pouco arrogante e irritante. Saty é muito quieta, seu prato de especialidade, “Tsuchinoko Steak”, é o prato favorito de Staz. Vlad D. Braz -o cara que está na imagem de início do post junto com o Staz- é irmão mais velho de Staz e escreveu o livro de ressurreição que Staz acredita que irá ajudá-lo em trazer Fuyumi de volta à vida, ele é um vampiro de elite, rapaz muito inteligente, Vlad T. Liz é irmã mais nova de Staz, comandante da prisão de Makai.

Minha opinião

Mas Hari não é a mesma história do anime? Definitivamente NÃO. O Staz no anime me pareceu um zumbi purpurinado, sem falar que eles deram muito valor à comédia, na hora do Staz mostrar a força, no anime me pareceu algo totalmente sem importância, no mangá foi épico, a história toda é mais sombria e misteriosa, o traço menos cômico e mais demoníaco. Resumindo minha primeira impressão do anime: Me pareceu que queriam transformar um mangá seinen em um anime kodomo. Falando mais do mangá: Como eu disse antes, é um mangá seinen, tem tapa e luta como em qualquer outro mangá seinen, os gêneros são Sobrenatural e Ação na maior parte do mangá, existe sim um toque de comédia, mas não é forçado, é leve e muito bem encaixado nas cenas, também percebi um pouco de ecchi, mas é tão pouco que passa em branco. 
Achei engraçado quando a Fuyumi se transformou em fantasma e o Staz falou que ela "perdeu o charme", mesmo ele falando que odiava o fato dos ancestrais beberem sangue, eu interpretei isso como uma tentativa inútil dele querer ser diferente, a Fuyumi "libertou" os instintos antigos de Staz -e isso me fez shippar os dois- 

Ah é! Falando em shipper, não posso deixar de falar no Wolf, eu senti que ele em um determinado momento sentiu atração pela Fuyumi e também achei ele e o Staz tão próximos que não pude deixar de shippá-los, mas relaxem, foi só por uns instantes -qq

Minha primeira impressão da Liz foi de uma menina assustadora e fria, ela via o irmão apanhar na maior normalidade do mundo, mas depois percebi um lado muito fofo dela, agora eu a considero mais fofa que o Mamejirou. Já o Braz... É o vampiro mais sexy dos mangás, misterioso, educado, maduro e... AI MEU DEUS QUE CARA SEXY! Essa foi -corrigindo: Essa É- minha reação ao vê-lo no mangá, foi muito decepcionante vê-lo no anime, ele perdeu todo o charme e não gostei TT-TT

Onde achar? 
Não tenho hábito de baixar mangá porque eu costumo ler muitos mangás yaoi e lemon, se eu baixar talvez eu esqueça de apagar depois... Por isso me acostumei em ler online, Blood Lab -assim como todos os mangás que leio- eu li neste site, ele pode baixar também, mas é só se estiver logado. Mas sei que algumas pessoas aqui não são como eu, procurei um site para baixar o mangá e achei este site, não se preocupem, eu baixei para testar a confiança e qualidade do download. O site para ver online está dividido em capítulos, há 30 capítulos. O site de download está dividido em volumes, há 4 volumes e cada volume há 5 capítulos, ou seja, são 20 capítulos no total.


Espero ter feito uma resenha completa, comentem o que acharam u.u 

2 comentários:

  1. Você tem imenso jeito para fazer resenhas completas! Dá trabalho, sei por experiência própria, mas por mim podia fazê-las todas assim, tenho muitas mais certezas sobre adicionar algo ou não à minha wishlist depois de ler uma crítica tão construtiva. Blood Lad já estava na minha lista, mas apenas por curiosidade, agora de certeza que passará à frente de outros mangás, e você foi a primeira a distinguir o mangá do anime, agora sem dúvida já sei que é melhor optar pelo primeiro :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, obrigada! Dá muito trabalho mesmo, mas quando termina dá um certo orgulho, sabe? Eu vou continuar a fazer minhas resenhas assim, sei que dá trabalho, mas fica muito bonito de se ver, além de ter mais informações e críticas sobre o enredo.
      Blood Lad é muito bom, principalmente pra você, o mangá é melhor que o anime, a arte do anime é peculiar -minha opinião-, me pareceu um anime kodomo mesmo ¬¬

      Excluir

Vai comentar? Leia as regrinhas:

~ Pode abusar dos palavrões o quanto quiserem, mas ofensas serão excluídas. Caso queiram criticar, críticas construtivas por favor;
~ "Seguindo, segue de volta?" Sim, mas fale um pouco do post também;
~ Pedidos? Fiquem a vontade;
~ Lemos a todos os comentários e sempre os respondemos;
~ No fim do comentário deixe o link de seu blog, se gostarmos, seguimos com prazer .

Pode comentar agora!