Webcomic: A Matter of Life and Death

07/07/2016 || || ||
Oi pessoas! Ainda não me recuperei com o último hiato do Togashi e agora vem outro hiato... Fã de HxH nasceu pra sofrer... BORA TOGASHI, VAMO FAZER ESSA PORRA DE MANGÁ! Enfim... Cá estou eu de novo para indicar uma comic que conheci há uns três ou quatro meses e estou xonada. Preciso fazer com que todo mundo leia ela, sério... Eu dei uma breve indicação dela no post passado, mas aqui vou falar sério, porque eu gosto, o que acontece, enfim... Vai ser uma indicação como qualquer outra, no final vou deixar os links para ler tudo bonitinho. Só que é claro que eu vou detalhar mais do que o comum, visto que essa comic tem muito quadrinho bônus. Então vamos lá!

Sinopse
No Reino de Ithis -como se fosse a "Terra de Cima"-, o trabalho do Morte não é exatamente seu favorito, mas não há o que ele possa fazer para mudar isso. E não ajuda o fato de ele estar atraído pelo seu oposto, que parece detestar sua mera existência. Existem três mundos: Ithis, a Terra de Cima, populado pelos Deuses e seus servos, Nim, a Terra de Baixo, e o Mundo Mortal.

Personagens
Digamos que Morte ou Death é o protagonista. Ele quem ceifa a vida das pessoas e as manda para Ithis ou Nim de acordo com o que elas são, é como se fosse o nosso Céu e Inferno. O Morte é muito fofo e tímido, chega a ser até misterioso por causa disso. Ele não gosta do trabalho dele e isso nós vemos mais nos dois primeiros capítulos, mas acredito que esse lado vai ser focado em uns capítulos mais pra frente.

Vida criou todo mundo, ele criou todas as formas de vida existentes, humanos, plantas, animais. O Vida é muito sentimental e ele se apega a todos os seres que ele criou, o Vida faz muita merda na comic inteira, mas a maneira que a Snipster, a autora, desenvolveu o Vida, é impossível odiá-lo, pelo contrário, eu amo o Vida e a galera que eu conheço também. Ele é igualmente fofo, mas é um pouco mais temperamental que o Morte.
Conhecimento é nosso senpai! O Conhecimento é que libera as coisas pra gente descobrir, mas não é do nada, os seres humanos precisam estar no ramo certo para isso. Conhecimento é muito sensato e é o conselheiro do Vida, ele deve ter lido uns bilhões de livros e quase sempre tem algum em mãos. Ele é o dono de várias frases bonitas da comic e ele conhece o Vida como ninguém, já que o mesmo é seu melhor amigo.

O Loucura ou Madness representa todas as fujoshis num único personagem. Ele na primeira aparição já se fez presente com seu character design muito lindo e sua personalidade "foda-se" com tudo, ele fala umas verdades, tantas verdades que até li um comentário dizendo que ele deveria ser Sinceridade e não Loucura. Mas sim, ele tem seus surtos, que agora estão bem melhores, antes ele se incomodava muito mais com as várias vozes na cabeça dele. O Loucura alega ter uma relação com o Conhecimento e eles sempre são tão lindos que fazem a gente shippar muito porque sim <3

Até então a Lady Sorte, ou Lady Luck nem se fez muito presente na comic, mas eu a coloquei aqui porque gosto muito dela. Ela é linda, sambadora e ainda é super culta. Ao que parece, Infortúnio é um pássaro e o bicho de estimação dela. 

Amor é melhor amiga do Morte, ela é muito fofinha e avoada, também dá bons conselhos, ela tem uma pequena história bônus só pra ela e é mostrado seus bons conselhos nela com uma metáfora genial que agora uso pra fazer os parças saírem do amário. Amor manja muito de maquiagem e pode ver os sentimentos das pessoas só de olhar nos olhos delas -infelizmente, não funciona bem com Deuses, mas mesmo assim, ela consegue ser quase um oráculo-.

Minha opinião
Vamos lá começar a crítica logo! Primeiramente a parte técnica do negócio: A arte da Snipster não é lá essas coisas no início, a começar que eles nem tinham nariz, tipo... Quê? A luminosidade e sombreamentos eram ruins e às vezes o desenho chegava a ser sólido. Agora sempre que tem algum update, percebo alguma coisa melhor, mesmo que sutil, então a diferença entre a arte do início e da página atual é de cair o queixo, simplesmente não dá pra acreditar que é a mesma pessoa desenhando. O jogo de luz e sombra é muito bonito com o passar dos capítulos, principalmente em cenas mais dramáticas e relevantes.

Os cenários em sua maioria tem um fundo sólido branco e não agrega muito valor, talvez seja mais fácil desenhar desse modo, ou então talvez seja um jeito de colocar os personagens com uma posição de mais destaque em relação a cena. Porém quando os cenários são desenhados, eles são muito bonitos, já que Ithis é um lugar mítico -será que posso falar isso?-, um exemplo é a imagem de início do post, são só nuvens, mas olha como elas são bonitas e bem desenhadas! Gostaria de poder compartilhar um outro cenário por aqui, mas infelizmente ele vai ser meio spoiler -q

O character design é muito bom para todos os personagens, todos são bem desenhados e com características físicas ou de estilo que fazem jus aos seus nomes, como é o exemplo da Amor ter corações nos olhos, o Loucura usar essa espécie de camisa de forças fora do padrão ou então o Conhecimento usar óculos. E preciso dizer que as pernas do Morte são lindas! É sério, precisava dizer isso, vocês vão concordar comigo sem dúvidas. Temos aqui uma fuga de um puta clichê: Entre o Vida e o Morte, o Morte é o mais fofo e também o mais alto, e eu falei que o Vida também é fofo? Pois é galerinha, temos uma brecha pra shippar reversible, pena que ninguém nota... Espero que a autora explore isso, sério... Estou me roendo...

E pra finalizar a parte técnica, a Snipster gosta de colocar umas trilhas sonoras já existentes em determinadas cenas, para que elas não sejam "vazias" ela sabe muito bem escolher, pra vocês terem uma noção, até cenas onde tem comédia, a trilha que ela escolhe super condiz com a situação descrita na comic, então devo dizer que ela sabe escolher as músicas, conheci trilhas sonoras boas a partir dessa comic.
Falando do enredo, é uma comic onde os acontecimentos são bem lentos, tudo acontece com uma calma... Não deixa de ser interessante, já que deixa um certo espaço pro leitor imaginar o que ele quiser ali. A estória é bem fluida, lenta e misteriosa, tem algumas brechas de enredo propositais para deixar o leitor com uma pulga atrás da orelha pensando e isso é um elogio! Um exemplo é que os personagens se conhecem há milênios -literalmente- e ninguém sabe o que aconteceu antes, os personagens se referem ao passado fazendo flashbacks nas cenas e nunca mostram tudo -até porque milênios de convivência não poderiam ser explicados em um flashback-, assim ficamos com aquela vontade para ler mais e saber mais sobre o que aconteceu.

Basicamente foca no romance do Vida e do Morte e isso é óbvio desde a primeira cena que eles dois estão juntos, isso deve ser um puta defeito dependendo da pessoa, já que romance parado não é uma boa escolha. Eu acharia horrível se fosse só um romance genérico, eu gosto dos dois juntos porque tem todo um conceito entre eles, acontecimentos do passado e complicações mais sérias como o Vida [spoiler]não lembrar mais do passado deles juntos[/spoiler] e entre outras. É um drama bem trabalhado e com cenas muito fofas, principalmente os extras -nota: "extras" que digo são tipo pequenos quadros ou estórias que não aconteceram ou que não influenciam no enredo, como se fosse um filler-.

Lembram que falei ali de Nim, a Terra de Baixo? Pois é, a autora deu a entender que vai explorar ainda esse mundo em um dos extras e também em um dos capítulos da comic, onde Vida e Morte entram numa espécie de "modo ataque" para lutar com umas criaturas desse mundo. Ou seja: Ainda tem tretas por aí. O elemento "ação" só foi empregado uma vez na comic e já nos deixou na expectativa, não que tenha sido uma luta fodona, na verdade nem teve muita ação, só foi bonito de ver. O bom dessa luta foi que despertou a minha curiosidade a partir das indagações do Morte -que se detalhar, tenho medo de contar tudo- e que ela tem um significado enorme para o que estar por vim.

Onde ler
A página Fujoshis Anônimas está cuidando da tradução da comic em português para a alegria da nação e esse é o link para ler por lá. Mas se você quer ser o diferentão, pode ir na conta do Tapastic da autora Snipster clicando aqui, peço que, mesmo que vocês leiam pelo facebook, se inscrevam na conta do Tapastic da Snips, assim estarão dando um ótimo feedback e tenho certeza que ela se sentirá muito mais motivada para continuar escrevendo. Vamos apoiar essa autora genial! O Tumblr dela é esse, caso vocês manjem de inglês e quiserem stalkear essa diwa. E para fazer ainda mais propaganda, aqui está o link do Patreon dela para o caso de vocês terem condições de ajudá-la financeiramente.

E por hoje é só, seus putos! Mas são meus putos queridos, não? 

12 comentários:

  1. Yoooo Hari O/

    EU TAMBÉM TÔ LENDO ESSA COMIC O/ Fazia uns tempinhos que tinha direto imagens dessa comic brisando no meu facebook, aí a curiosidade bateu e fui procurar para saber o que diabos era. E eis que numa tarde sem nada para fazer eu resolvo ler tudinho que já haviam traduzido xD

    A primeira coisa que me chamou a tenção e foi um dos principais pontos para eu ler a comic foi justamente a arte da criadora! Eu achava super bacana o desenho meio "diferentoso / caricaturado" Aliás, eu curtia eles sem nariz e--e... Sei lá, é que eu também não manjo muito de artes e talls, então para mim tava tudo belezura. Mas, lógico que eu reparei em como ela veio evoluindo aos poucos a arte dela! Bem, e a segunda coisa que me chamou muita atenção foi essa coisa de Vida X Morte. Achei super bacana o ambiente em que se passa a história. É algo simples, mas muito bem bolado <3

    O Morte é um queridinho <3 Ele é todo charmoso, fofo e ainda manja muito das lutas. Quando deu aquela cena de ação deles entrando em modo de batalha eu fiquei tipo "MORTE, TU É UMA BICHA MUITO LACRADORA MESMO" Véi, prevejo uma treta deliciosa com esse casal sedução e aqueles capetas de Nim!

    Já o Vida ele pode ter feito muita merda, mas foi aquela merda meio sem querer... Ele pode ser o mais antigo entre os Deuses, mas ao mesmo tempo ele tem um lado muito ingênuo, principalmente se tratando do Morte. Sem mencionar que no final ele sempre aprende que fez merda e tenta corrigir isso. Enfim, um amorzinho <3

    Ah! Eu também notei que há possibilidade de shippar reversible! Pois, ambos são fofinhos, mas quando querem ambos também podem ser safadenhos e--e Tipo, teve uma históinha "extra" em que o Vida estava encarando a bundinha do Morte, e aí o Morte percebe isso e se joga divamente no Vida, tendo a iniciativa de tudo! Tipo "QUERIDO EU SEI QUE TU ME QUER, ENTÃO VENHA!" shuashuashua

    E tu viu aquela outra história extra que fazia uma baita zueragem com as "mãos de seme" em que ela usou o estilo da mangaká de Junjou para representar a doença!? MEU DEUS, EU MORRI LENDO AQUILO! Sério, eu achei genial aquele "mundo paralelo apocalíptico!"

    Enfim, é uma comic muito queridinha de se ler e com uma arte muito bonitinha <3 E da para ver que a criadora se diverte fazendo isso xD

    Kiss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também comecei a ler desse jeito, a comic atualizava aí eu sentia curiosidade pra ler, E CÁ ESTOU EU, A VICIADA!

      Eu também gostava muito do traço quando não tinha nariz, mas depois que a Snips renovou o traço aí com o tempo, passei a achar feio eles como antes, deve ser o costume, né? E o conceito de Vida x Morte dentro do conceito de deuses foi simplesmente genial, a gente tá acostumado com deuses da morte nos animes, mas nunca tinha visto um deus da Morte tão humanizado, fora que existe um deus da vida também, eu nunca tinha visto um deus da vida em nenhuma obra, isso me intrigou muito. Pena que são poucas as vezes que vemos eles em trabalho, eu queria que esse lado profissional fosse mais trabalhado neles, é muito poético ver o Morte no trabalho e é muito fofo ver o Vida trabalhando.

      O Morte é muito fofinho! Eu adoro esse jeito contrastante que ele tem, ele é o todo foderoso Morte, mas sequer tem coragem de matar alguém, ele é muito bondoso e gentil, e a timidez dele é muito bem trabalhada, assim como a gente -ser humano- ele é tímido em algumas situações e outras não, por exemplo, ele é muito fechado e nervoso falando com o Vida, mas com a Amor ele é super tranquilo, visto que é a melhor amiga dele. E eu adoro ele em batalha! Quando ele se transformou lá pra enfrentar os pulgões, achei épico demais, ele ficou todo trevoso e tals. Ah! Eu amo como a Snips joga na sua cara que o Morte é trevoso, em uma página atual aí vemos a Medicina olhando para o Morte quando eles se conheceram e vemos aquela aura sombria em volta dele, mesmo que ele, naquele momento, esteja fazendo uma boa ação. O contraste dessa cena me intrigou tanto que até compartilhei a página <3

      Já gostei do Vida logo de cara, mesmo com as merdas dele, a ingenuidade e o apego emocional dele com as criaturas vivas simplesmente me fizeram me apaixonar por ele. E também amo ver ele lutando, amo mais do que o próprio Morte -me julgue-, quando vi ele com aquela bazuca (?) contra os pulgões e com aquelas mãos diwosas -vulgo imagem que está no post-, pirei como ninguém, e a habilidade fez jus a ele mesmo, visto que ele manja das artes marciais.

      Pensei que a autora fosse se apegar a um Morte mais uke -na cama, porque no social ele é seke, certeza-, mas quando vi aquele extra dele com o Vida e com aquelas algemas... Soltei aquele grito sem fim! Não basta fazer o Morte controlando a situação, tem que ter algemas! GZUIZ! Pouca gente sabe, mas eu shippo muito BDSM, shippo BDSM em qualquer casal que se encaixar em BDSM -tipo Shizaya, Ereri, Aoba x Qualquer boy que eu ver pela frente...-, mas eu gosto desde que seja consensual e esse "consensual" é que é o foda de se achar tanto em fanfics quanto nas próprias obras e quando eu vi esse extra... Eu realmente pirei, isso porque o Vida tem força o suficiente pra quebrar aquelas algemas de nada e ele parecia bem satisfeito com a situação (aquela carinha que não salvei no ctrl v). Eu vi esse extra, ele é um dos meus favoritos, perdendo só pra esse que citei e o da Amor conversando com o mortal lá, amo quando o Morte faz esse tipo de coisa, a frase "Não é nada que você não tenha visto antes" me fez imaginar um turbilhão de coisas!

      VI! CAI NA RISADA COM ISSO! Detesto a arte de Junjou e isso foi tão cômico que não resisti shusahu

      Sim, a autora faz muitas lives -que nunca consigo ver, mas ok- e isso mostra quanto carinho ela tem pela obra e pelos fãs dela, é por isso que eu sempre faço questão de dizer o nome dela ou fazer menção a ela quando falo de AMOLAD, é por isso que deixei o Patreon dela aí -q
      Snipster, nós te amamos <3

      Excluir
    2. VOCÊS LERAM OS MEUS PENSAMENTOS??? PORQUE APESAR DE EU NÃO TER TEMPO PARA COMENTAR, NEM SEQUER PRECISO, PORQUE VOCÊS NÃO DEIXARAM NADA DO QUE EU ACHO POR DIZER - aliás, Hinata, eu também os achava fofos sem nariz, apesar de também notar uma evolução na arte.

      Ok ok, tenho de ir. Mas realmente o que vocês disseram cobriu tudo o que eu acho, só li a comic semana passada, num único dia. É amável demais :3 Aliás, em breve (quando voltar ao blog) vou recomendar uma lista grandinha de webcomics com lgbt+ pelo meio.

      Excluir
    3. Lemos sim, fomos pra Portugal só pra ler os seus pensamentos e voltamos para escrever esse comentários -q
      O que é uma pena, adoraria vê-la tagarelar mais sobre essa belezura, mas de boa, você está sem tempo e aquele dia no facebook já valeu <3
      EI! Isso é uma competição? Estou com um post nos rascunhos listando umas cinco ou seis webcomics favoritas, mas pelo meu perfeccionismo exagerado, aposto que a sua vai sair primeiro, e o que é mais frustrante, também vai sair muito mais completa. Ah! Quando for fazer, lembra de colocar Avaliae, é uma ótima comic, se não leu, TÁ ESPERANDO O QUÊ?

      Excluir
  2. Oh meu deus, eu queria muito saber de onde eram essas tirinhas, e agora eu sei <3
    Eu estava realmente curiosa, porque eu tinha visto só uma cena de dois personagens e achado uma graçinha <3 ;w;
    Obg <3

    warpday.blogspot

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora vá ler, garanto que você não vai se arrepender, se você gosta de um yaoi fofo e sem abuso, AMOLAD é perfeito!
      De nada <3

      Excluir
  3. Heeey, Hari! Há quanto tempo! <3

    Eu nem sabia que HxH tinha saído do hiatus, aí descubro que já entrou em hiatus de novo. Qiço, senhor Togashi? Com certeza, fãs de HxH nasceram pra sofrer, disse tudo. Ou ele pretende fazer com que leiamos o mangá até os 90 anos. -q

    Eu não conhecia essa comic, mas já gostei de cara do nome e do traço. Depois que li a sinopse, então, amei! <3

    Com relação aos personagens, adorei que a história trabalha com uma personificação de coisas que normalmente não são personificadas, como loucura, amor, conhecimento, sorte, etc. Particularmente, acho que vou amar o Loucura, mas todos os personagens parecem ótimos, sem exceção! *u*

    Sobre a parte técnica, também achei o character design bem legal e criativo, e alguém me segura que eu já to shippando uns personagens antes mesmo de ler! -q Ah, também achei fantástica a ideia da trilha sonora nas cenas, deve ser uma experiência bem diferente! *-*

    Enfim, entrei nas páginas aqui pra ler e já estou amando, obrigada por essa recomendação incrível! <3

    Bye o/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi oi Helo! Kéissu, foi só um mês fora -q.
      SIM! O TIO TOGASHI É MUITO DO MAL! Mas dizem as notícias que dessa vez é sério, ele faz mangá a tempos então ele está com uns problemas, principalmente de coluna, espero que não seja grave
      Oh Delz! Venha para esse meu mundo de AMOLAD, é uma comic muito amorzinho

      O LOUCURA É MUITO AMOR! Meus personagens favoritos são Loucura, Morte, Medicina e Lady Sorte, mas eu gosto de todos quase igualmente, eles são demais. O Vida é muito fofo, o Conhecimento, a Amor, adoro todos <3
      Por favor, espero que você esteja shippando Loucura e Conhecimento, porque também shippo muito os dois MUAHAHAHAHA eles são quase opostos, isso me fascina.

      Gosto muito do design da Medicina e da Lady Sorte, a primeira é toda metida a má e a segunda é muito elegante, elas são diwas no design, o Loucura também é outro que adoro o character design, ele diz o que sempre quero dizer -q

      E achei a ideia da trilha sonora bem criativa, mas acho que poucos escutam -eu mesma às vezes esqueço-

      De nada, eu tinha que mostrar essa comic deliciosa para o mundo <3

      Excluir
  4. vc pode me ajudar eu vi uma tirinha dessa no Facebook vc pode me dizer o nome pois fiquei viciada e n acho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O nome tá no título da postagem: A Matter of life and death e o link também está no post, na parte que tem "Onde achar"

      Excluir
  5. Oeeeeees!

    Nossa eu devo ser a pessoa mais atrasada do universo, olha esse delay de 3 meses pra comentar nesse post maravilindo, gentem.

    Então né, minha nossa, o que dizer dessa webcomic fofíssima que já ocupa um lugarzinho especial no meu coração? <3

    Olha, se tiver mais indicações como essa, Hari, por favor diga pro mundo porque coisa linda assim a gente tem que compartilhar, cara!

    Achei o modo com a autora retrata as relações entre os personagens tão bem feitinha e de uma sutileza tão cativante, nha.

    Confesso que assim que vi a imagem inicial do post o que me incomodou foi a proporção dos braços, o nariz eu achei que era estilo hahah.
    Você falando da evolução do traço dela me fez lembrar muito a Scotty, autora de Technicolor London, não sei se você já ouviu falar... O traço do início da webcomic é tão sofrível que dá vontade de largar no meio, mas conforme o tempo vai passando o avanço dessa mulher é tão gritante que dá vontade de aplaudir de pé, juro (queria ser assim /chorei).

    Bem, é isso.
    Um beijo e desculpa o meu atraso quase secular hahah.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E eu no delay de um mês pra responder, só mais um dia normal na minha vida... Mas sim, a comic é muito amorzinho, sério... No início a falta de nariz me incomodou, mas depois eu achei bem bonitinho, aí quando ela mudou, demorei pra me acostumar, mas mesmo assim eu achei que a evolução foi fenomenal <3
      Eu já compartilhei coisas de web comics três vezes por aqui, se você quiser ver os outros dois posts eles estão aqui:

      Web comics yaoi que ando a ler
      Mais 7 web comics yaoi que merecem o seu respeito

      Conheço Technicolor London, inclusive citei essa coisa maravilinda em um dos posts acima. Eu também queria ser assim </3
      Eu que tenho que me desculpar porque não respondi essa bagaça -qqq

      Excluir

Vai comentar? Leia as regrinhas:

~ Pode abusar dos palavrões o quanto quiserem, mas ofensas serão excluídas. Caso queiram criticar, críticas construtivas por favor;
~ "Seguindo, segue de volta?" Sim, mas fale um pouco do post também;
~ Pedidos? Fiquem a vontade;
~ Lemos a todos os comentários e sempre os respondemos;
~ No fim do comentário deixe o link de seu blog, se gostarmos, seguimos com prazer .

Pode comentar agora!