Clichês em Soujos

24/01/2015 || || ||
Oi oi minna-san! Aqui é a Hari falando -digitando, mas ok-. Estou querendo começar com esse quadro desde que criei o blog, falar clichês de vários gêneros de anime. Eu quis começar com shoujo porque, como sabem, -ou não- eu não sou de ver shoujo, pra mim shoujo é só quando não tenho mais nada pra ver. Existem uns dois ou três shoujos que gosto, um dele foi resenhado aqui no blog que é InuxBoku SS, o resto eu classificaria como um anime bom, e sim, apenas pra passar o tempo. -não estou dizendo que é ruim, mas que não faz meu estilo- 

Os opostos se atraem. Até porque, quando duas pessoas se odeiam, elas vão se apaixonar magicamente, óbvio -ironias da vida- 

O protagonista sempre é feminino. Até porque homem não chora -qq -minha nossa, essa foi a pior piada da história do blog, pena que só brasileiros vão entender- 


Seria o Shoujo, sinônimo de Escolar? Quem nunca? Listem quatro shoujos que não sejam escolares. Não sei vocês, mas não consigo.

O rapaz -que depois, a gente "descobre" que vai ser o par perfeito da protagonista-, sempre é um paquerador V1D4 L0K4 que se dá bem com a mulherada, ou é um delinquente V1D4 L0K4, até porque vida-lokismo não falta nos "homens perfeitos" dos shoujos.

Ou a protagonista é baixinha, ou o seu "galãzinho" é mega-alto. Ou pior, quando é os dois, será que ninguém acha isso tão tosco quanto eu acho? 

Fogos de artifício, quem nunca assistiu um shoujo e do nada chega o Ano Novo e os dois vão ver os fogos de artifício? Ok ok, nem sempre dá certo ver os fogos -tipo Kaichou wa Maid-sama, o lado bom é que [spoiler]o beijo do final tem o fundo bonitenho dos fogos[/spoiler]

A protagonista nunca admite seus sentimentos assim que os descobre, espera, muitas vezes, até o final da obra. Aí fica fazendo cú doce, até porque se você gosta de alguém, tem que falar que odeia, não é mesmo? -q

Eles se esbarram no outro e ela deixa cair os livros -ou cadernos, quem sabe- e o rapaz sempre a ajuda para juntá-los. Eventualmente as mãos de ambos se tocam e os dois coram olhando um para o outro -fiz uma cena, será que tenho talento?-

A menina popular fica tentando separar o par romântico por amor ao cara, ou não, só pra fazer discórdia mesmo.

E aqueles fundos brilhosos? Nem se fala.

A protagonista é aquela que não se dá bem com os homens. Ou os odeia.

Sorvete, o cara sempre paga um sorvete para a protagonista. Se for converter para os filmes, ele paga uma bebida, quem sabe, mas ele sempre vai pagar algo.

Desencontros amorosos, o casal se conhece desde a infância aí a protagonista se muda de cidade, blá blá blá, depois ela volta procurando seu primeiro amor, e quando acha, descobre que ele também esteve procurando por ela e essas coisas que só acontecem em romances -q

O cara faz de tudo para conquistar o coração da amada -isso vale suportar o cú doce que citei antes-, às vezes até dão uns xavecos sem-noção, sabe? "Ei gata, você tem os lábios lindos, pena que não estão nos meus" *Hari foge até os confins do inferno* 

Existem uma série de complôs para separar o casal. Nem preciso comentar, né?

Beijo do par romântico no final da obra.

"The End" esse é um dos maiores clichês de qualquer obra de romance, seja desenho, série, filme, sempre tem essa droga no final. De preferência um "The End" escrito no céu com estrelas, sabe? Que raiva desse "The End" 

Foi isso a postagem bosta de hoje, não fiquem com raiva de mim -qq

20 comentários:

  1. Bem, eu gosto de assistir shoujo porque fico suspirando, feito idiota achando que algum dia vai ter alguma coisa parecida. ndjsandjsnd sqn
    Mas é verdade o que disse, tudo é cheio de clichê. Mas eu gosto muiiiiitooo de Kaichou wa maid sama, foi um dos primeiros animes que assisti e amo do fundo do meu coração.
    http://s-sessaoproibida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não curto justamente porque o gênero faz as pessoas sonharem demais, não é nada realista! Eu também gostei de Maid-sama, gostei de Inu x Boku SS também, inclusive, se você não viu, veja!

      Excluir
  2. Oi, Hari, tudo bom?
    Um dos grandes problemas dos clichês, é que eles espalham muito facilmente, um exemplo disso são as fanfics, que tem clichês para dar e vender.
    Eu nunca entendi essa de "os opostos de atraem", acho quase impossivel uma pessoa se apaixonar por uma diferente dela!
    Eu simplesmente não consigo pensar em algum shoujo não escolar, sério, eles existem?!
    Esse negocio de cu doce nos animes é uma coisa muito tosca! A personagem não ta dando bola pro cara, ai de repente o cara deixa ela de lado, e ai ela percebe que sempre foi apaixonada por ele!

    Tenho uma sugestão, você pode analisar os cliches de animes yaoi (que são quase iguais aos do shoujo, mas whataver). Bem, beijos!

    http://nothing-more-that-random.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Livia. Fanfics, você falou bonito, realmente é lá onde você encontra os clichês mais clichês -hein?- que você já viu.
      "Diferente" acho que é possível, afinal, eu não sou igual a ninguém da face da Terra, você também não, olhe bem para os seus pais, na maioria das vezes, nossos pais tem algumas opiniões bem opostas. Mas o que acontece no shoujo não é isso, não são "diferenças" é uma "oposição" no sentido mais literal da palavra, eu acho isso tosco
      Você leu a minha mente, eu estou fazendo um post sobre clichês de yaoi pra postar semana que vem antes mesmo de ler seu comentário, coincidência, não?

      Excluir
  3. Concordo com muitos deles, mas nem todos os shoujos cumprem TODOS os clichés. Aliás, vou tentar agora mesmo listar shoujos que não sejam escolares: Kamisama hajimemashita (só é em parte), Akatsuki no Yona, Hakuouki e Heart no kuni no alice. Haha, consegui ;) E embora agora não me esteja a lembrar dos melhores detalhes, há mais clichés ainda em shoujos - de momento só me estou a lembrar destes: além do ano novo, outro evento muitíssimo frequente são férias; há quase sempre uma rapariga ou rapaz rival que vai trazer problemas e mimimi ao casal, mas ao mesmo tempo os fará aperceber-se dos seus sentimenos e toda essa porpurinada toda, após 39502971 episódios de enrolação; O rapaz consegue manter a rapariga pressionada contra a parede apenas com uma mão; Contam sempre a história do primeiro amor, como se as protagonistas (e mesmo os rapazes, muitas vezes) nunca se tivessem conseguido apaixonar até encontrar a pessoa "destinada". Acho que ninguém ficará com raiva de você, Hari-chan, aliás, esta coluna é genial >.<

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não estou falando que tem que cumprir todos, teve um comentário aqui mesmo que diz que Lovely Complex os tamanhos são invertidos, é super-normal os autores evitarem os clichês, mas há tantos que é quase impossível evitar todos, de verdade. Caramba! Eu não consigo listar, não conheço nenhum desses, que desastre -qq
      Verdade, as férias sempre tem que ter, não só em shoujo, mas em vários gêneros as férias também são retratadas, acho que é porque é algo que passamos sempre, é fato.
      Boa! Esse clichê de trazer problemas e mimimi pode ser traduzido também como o "Existem uma série de complôs para separar o casal" e o "A menina popular fica tentando separar o par romântico por amor ao cara, ou não, só pra fazer discórdia mesmo", mas a parte de perceber os sentimentos e tals, eu não coloquei, mas é um clichê bem comum. Minha nossa! Porque não pensei nisso antes? Verdade, com uma única mão o cara consegue manter a menina pressionada contra a parede, -até porque os rapazes são sempre V1D4 L0K4S- essa eu pego qualquer dia -qq
      Isso é verdade também, nos shoujos, em romance em geral, sempre tem essa pegada de destino e essas coisas, e isso é um grande clichê
      Obrigada, que bom então que estou livre das pedradas o/

      Excluir
  4. Olá Hari!! (owó)/
    Nossa que milagre, estou aparecendo aqui consecutivamente, estou sentindo, ahaha' ora vejam só, alguém que pensa da mesma forma que eu!! Pelo menos, eu penso assim quando o assunto são shoujos, não vejo muitos e são poucos os que me prendem lindamente. É.

    Sendo sincera, só por me pegar pensando em tópicos assim de uma maneira tão, hm dura, me pergunto se sou muito amarga o-o normalmente quando vejo ou leio romances me calha pensamentos semelhantes aos seus. Embora o meu "favorito" seja um triângulo colegial bem fofinho e clichê, nhé.
    "Tá bom, chega!!" É o que eu saio dizendo quando vejo alguma coisa que me deixa cansada da mesmice. De todos os clichês que encontro os de shoujo me deixam um tanto "cri-cri" porque eu não entendo o motivo da repetição de "cenas" ou "locais". Mas aí é algo próprio do gênero, ou que acabou sendo próprio dele, já que existem outras ramificações do shoujo também, então elas podem ter suas diferenciações.

    Nada muito importante, já que não tenho nenhum comentário contra ou mais explicativo, pois não sou adepta ao gênero. Mas gostei da ideia dos clichês, adoro ler coisas sobre clichês, ahaha' :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oremos -q
      Não curto shoujos, já falei nos comentários de cima, mas não custa repetir, o gênero faz as pessoas sonharem demais, faz as meninas -principalmente- acharem que um dia vão encontrar um príncipe encantado, uma pessoa que vai amá-la incondicionalmente e que seja um rapaz lindão, não é realista, sabemos que não acontece assim. Além disso, eles simplesmente não me prendem também.
      O que eu escrevi foram algumas das coisas que penso também enquanto assisto, já que raramente leio shoujos, então acho que posso dizer que sou bem parecida com você nesse sentido, quando tem muito clichê eu paro e digo "ta bom, já deu!".
      Os lugares, eu nem falei dos lugares, isso faltou. Sempre na escola, no parque, no por do sol, em um lugar da infância do rapaz, sempre algo assim -q
      Então você vai gostar do quadro que vou fazer, vai ter próxima semana

      Excluir
  5. Yoooo belezura!? \o/
    shaushausua omg cê num tem noção do quanto eu ri com esse post!
    Enfim, eu sou uma grande amante de shoujos, até mesmo dos clichês deles, aliás, shoujo é na verdade um ENORME clichê a única diferença é que tem aqueles bem desenvolvidos e aqueles meio bosta.
    Enfim, eu ri muito com "até porque vida-lokismo não falta nos "homens perfeitos" dos shoujos", hsuahsuahu com certeza! Acho que até hoje o único protagonista shoujo que fugiu do vida lokismo foi o Ren de Strobe Edge, pois o restante.......
    Ah, sobre a listinha de quatro mangás sem tema colegial tenho uns ótimos aqui:
    * mademoiselle butterfly
    * Hakuouki
    * Inu X Boku SS (tem apenas umas pequenas cenas deles no colégio, porém o temo não é colegial).
    * Toshokan Sensou
    Aliás, eu poderia listar mais alguns shoujos, mas vamos deixar por hora apenas os quatro ^^ (quando estiver entediada será um bom passa tempo).
    Eu odeio a parte da menina popular indo arrumar treta! É um dos clichês que simplesmente ODEIO! Mas por outro lado uma tretinha para deixar as coisas mais interessantes até que não é tão ruim.
    hsuashaushau sobre os fundos brilhosos é a coisa que mais reparo nos shoujo. Nem Love Stage tem tanta purpurina e brilho!
    Enfim, eu não sei porque você disse que a postagem de hoje ficou meio bosta, pois eu AMEI ela >//////< okss eu não conto muito porque sou uma amante de shoujos, então eu adoro qualquer coisa relacionada a eles, mas ainda assim ficou muito boa a postagem, conseguiu pegar todos os clichês mais clichês de shoujo XD
    Kiss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi oi, estou respondendo seu comentário por último, sei o quanto você AMA shoujo e sabia que você iria escrever um livro nessa joça -q
      Mas enfim, eu não reclamo, você sabe que amo livros em comentários <3
      O post teve um ar mais engraçado mesmo, é algo pra descontrair. Sério? Você curte até os clichês? Sua viciada -q
      Que, por acaso, eu não conheço Strobe Edge, então pra mim todos são V1D4 L0K4 HUEHEUHEHUEHUE, parey... Tem uns que são menos e tem uns que são mais -até porque é super normal você pular do terraço da escola pra pegar a foto de sua "namorada" vestida de empregada-
      Dessa lista que você listou -hein? Lista, listou...- eu só conheço Inu x Boku SS porque o resto... Mas bem, eu vi Inu x Boku então acho que você pode criar esperança que eu leia esses.
      Na verdade, acho que a figura de "menina popular" foi posta por marketing, afinal, todos odeiam, todos querem que a protagonista fique com o rapaz e não uma menina qualquer, então é baseado nisso que digo que eles fazem pra vender, além de "deixar as coisas mais interessantes" como você mesmo falou.
      Aqueles fundos brilhosos... Eu ODEIO, o foda é que até yaoi tem isso cara... Que ódio...
      Obrigada, "meio bosta" que eu disse é no sentido de "não vai mudar sua vida se ler ou não", que bom que gostou, obrigada novamente. Acho que deu pra perceber só pela imagem que você ama shoujo -qq

      Excluir
  6. Faltou apenas "Normalmente a protagonista é a excluída e o garoto fodão que as meninas dão em cima, escolhe ela" shausha' Ah, eu já assisti vários shoujos e não me lembro de ter um "The end", talvez eu já tenha visto :v
    Ah, essa questão de tamanho dos personagens não vale para Lovely Complex, os tamanhos lá são invertidos heuhe' Eu sempre acabo vendo um shoujo, porque acho divertido, mas não é meu gênero preferido, as histórias são quase sempre a mesma coisa! E não adianta pensar em um romance que não tenha colegial, pois em TODOS a protagonista tem 16 ou 17 anos. Outro clichê SHAUSHA'
    Até!
    Zona Neutra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse clichê meio que faz parte do "Rapaz V1D4 L0K4" e na do "A protagonista é aquela que não se dá bem com os homens. Ou os odeia.", por isso não pus, mas pode ser uma ideia também, obrigada. Mas o "The End" aparece em vários, só não sei citar porque, como disse, não curto shoujo. Esse clichê é validíssimo, verdade, sempre tem que ter 16 ou 17 anos, boa!

      Excluir
  7. Não sou nenhuma entendedora de animes, mangás e coisas do gênero, mas sei o quanto esses clichês estão presentes em shoujo. Alguns citados eu já tinha conhecimento, outros foram surpresa. Traga mais postagens assim!

    m-yung.blogspot.com ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por isso, que bom que gostou, então.Vou trazer mais posts assim, já estou preparando outro, acho que ele vai ser postado próxima semana o/

      Excluir
  8. SHUAHUSHHAS' Shoujo também não faz o meu estilo .q mas eu li tudo e concordo com você -q Bom, tava pensando desde que eu li pra eu citar shoujos que não se passam em escolas, bom, isso tá fudido pra mim, é sério *~le vai pesquisar* tem um one-shot de vampiro que eu li e esqueci o nome e_e' e só ! kkkkkk'

    [Naka Pyon!] - Visite!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, vejo que você é muito parecida comigo, isso é bom -q
      Gente... Eu juro que não sei desse, o único que conheço que não é escolar, na verdade tem uma pegada bem "escola"

      Excluir
  9. é por isso que não gosto de shoujo.
    é sempre a mesma historia com uma garota sem graça ou um menino sem logica nenhuma se apaixona pela garota
    Com carinho, Hina || Aishiteru em Contos ||

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não curto muito, não faz muito meu estilo, gosto mais de algo mais maduro, em todos os sentidos da palavra

      Excluir
  10. Eu curto muitos shoujos, e, é muito difícil ,realmente ver shoujos não escolares. Eu adoro shoujos! São um dos meus gêneros de anime favoritos. São cliches? SIM! Muitos se parecem em questão de aparência mas, o enredo são totalmentes diferentes.
    O shoujo que mais gostei foi Lovely Complex e Black Bird por não ter isso.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não curto shoujos, não tem quem me faça gostar do gênero. O gênero, porque realmente tem uns shoujos que assisti e realmente gostei, nunca vi esses dois, mas são dois que falam muito, qualquer dia eu assisto

      Excluir

Vai comentar? Leia as regrinhas:

~ Pode abusar dos palavrões o quanto quiserem, mas ofensas serão excluídas. Caso queiram criticar, críticas construtivas por favor;
~ "Seguindo, segue de volta?" Sim, mas fale um pouco do post também;
~ Pedidos? Fiquem a vontade;
~ Lemos a todos os comentários e sempre os respondemos;
~ No fim do comentário deixe o link de seu blog, se gostarmos, seguimos com prazer .

Pode comentar agora!