Governo, oposição, direita x esquerda, tretas que ninguém liga

27/07/2016 || || ||
Oi oi pessoas! Sim, esses tempo eu estou possessa com muitas coisas e eu vou falar de todas aqui se eu quiser porque o blog é meu -ui, o blog é dela, sai de baixo-. Hoje estamos aqui pra falar dessa treta que rola desde o ano passado sobre o pessoal de direita e de esquerda e que agora eu não aguento mais! Eu já detesto brigas e essa, mais do que as outras, é inútil. OPA! Eu definitivamente não vou falar de política aqui, ok? Não vou falar de política e pouco me interessa se vocês são de direita, de esquerda ou se são ambidestros, não vou falar nada de partidos políticos e nem nada disso. Vou falar sobre coisas humanas de verdade. Pra quem é de fora do Brasil e não tá entendendo nada, vou contextualizar:


Faz muitos anos que o mundo todo está em crise, a Europa principalmente, geral sabe disso, mas desde o começo do ano passado, essa crise começou a afetar o Brasil. Geral ficou putinho e começou a fazer manifestação pro impeachment -eu fui convidada também, mas não fui-. O que foi? Tá achando que essa conversinha é de 2016? Se duvidar é de 2014 e eu nem percebi ainda! 

Não sei bem o que aconteceu por debaixo dos panos -pois em 2015 eu estava ocupada demais pra pesquisar sobre-, mas ao que parece, a presidente Dilma estava meio encrencada e tirou  parte da verba para os empresários que financiaram sua eleição para colocar nos programas sociais -isso porque parte dos que votaram nela foram por causa de tais programas-. Ok, os empresários ficaram putinhos e bora fazer impeachment! Nesse ano, rolou da Dilma sair e tals, aí veio outro cara pra assumir o negócio.

Mas pouco importa isso! O impeachment aconteceu e eu não tô na Nova Zelândia, ou seja, não fez diferença alguma! O feijão tava caro? Estava! Mas ainda está! Vamos ser realistas, a real não é "direita" ou "esquerda", aceitem que a maioria do pessoal do Brasil está pouco se lixando para educação, saúde e bem estar da nação. Aceitando isso, nós podemos falar sobre extremismos de ambos os lados da moeda e sobre alguns comportamentos exagerados que as pessoas estão tomando ultimamente.

E sim, a partir dessa confusão do impeachment, tá uma puta treta do pessoal a favor da Dilma (esquerda) e o pessoal contra a Dilma (direita) -sim, Dilma até hoje citada- pra ver quem é o lado certo, só o que vejo na internet desde o começo desse ano são posts de um dos lados falando do outro e vice-versa, manifestações contra o governo Temer (atual presidente) e a galera apoiando Bolsonaro (um deputado aleatório aí) como presidente pra 2018, uma galera dizendo que o Bolsonaro é uma bosta, emissoras de TV todos os dias falando algo ruim no sentido político... Enfim... Tá um caos! Caos é o que descreve melhor a situação.
Imagem aleatória
É sério? Você aí brasileiro como eu, olhe em volta, passa no seu facebook, dá uma olhada na televisão. Você não está vendo nada de errado? Onde estão as pessoas no nosso país? Onde estão as notícias boas, os eventos, as piadas, as palavras de amor? Só vejo caos, briga, posts de causem treta, ofensas gratuitas... O brasileiro nunca ligou pra política verdadeiramente, a maioria do pessoal que briga sobre política na internet nem mesmo sabe qual foi o primeiro presidente do país, só querem plantar a discórdia e a desunião. 

A pessoa que briga de política na internet pouco se importa com o que os governos passados e o atual fizeram ou deixaram de fazer, por que brigam se não se importam? Chamar atenção não vale a pena se for desse modo. O comportamento do pessoal está me deixando desordenada, triste e furiosa ao mesmo tempo. Claro, todos têm o direito de se manifestar e ficar calado não é uma atitude muito sagaz. Mas vocês não estão esquecendo de serem pessoas? Todos estão lutando por uma causa maior, o benefício da nação, certo? Então porque xingam um ao outro, faltam com respeito e acham que estão fazendo justiça? Não, caro rapaz, isso não é justiça.

Todo esse caos até começou bem, uma galera inteligente veio protestar passivamente, aí veio uma galera amiga protestar contra os que protestam e tals, na maior paz. Discutiam na internet citando argumentos, sem desrespeito, sem ofender o outro, na harmonia e tranquilidade. Aí depois veio uma galera avacalhar, xingando de modo baixo, tretando sem motivo algum, e aí eu vi que, aos poucos, uma discussão que era sobre o país agora se resume a "tal partido roubou mais" ou "aquele cara do seu partido está envolvido naquele escândalo" ou ainda "tal partido defende tal causa, o seu só traz desgraça". Quando foi que isso virou guerra de partido?

E é ainda pior quando generalizam tal acontecimento a um partido, por exemplo "Partido tal é a personificação da corrupção" ou "todos do partido tal são protetores de tal causa". Mas não é assim, a corrupção de um país inteiro não se resume a um partido e o mesmo vale para coisas boas -e tem coisas boas nessa bagaça?-. Sabem o que vocês estão fazendo? Professores estão perdendo empregos porque estão ensinando sobre partidos, médicos negando a atender pacientes porque o paciente não apoia o mesmo partido que eles e outras coisas mais. Só pensem: E se fossem vocês a perderem uma professora? Se um médico negasse a te atender porque você não apoa o partido dele? E SIM, essas situações são reais e aconteceram, dá uma pesquisada aí.

O que quero dizer aqui é que pessoas são mais do que meros partidos políticos, houve uma época aí que as pessoas batiam e até chegaram a matar as pessoas que usassem vermelho na rua em dia de protesto. ISSO É SÉRIO PRODUÇÃO? Por favor, é só uma roupa! E outra, o fato das pessoas acreditarem em algo diferente do nosso não nos faz inimigas da pessoa. Ah! Tem aqueles neutros, tipo eu, que acreditam em coisas da direita e que acreditam em coisas da esquerda ao mesmo tempo, esses são atacados dos dois lados. Só parem.

Às vezes pensamos demais o que nos diferencia e esquecemos do que nos une. É com essa frase e nesse clima de reflexão que encerro esse post. Não é questão de política, é uma questão de humanidade, sejam mais humanos. Espalhem a gentileza nesse país onde o ódio domina.

8 comentários:

  1. E aí, Hari? Chegay -q
    Gosto bastante de discutir sobre política, mas não dessa forma. É muita ignorância desse povo ficar nessa discussão infantil entre esquerda x direita, porque isso nunca vai levar a lugar algum. Me desaponta muito ver esse tipo de coisa, sabe? As pessoas sequer se informam sobre as coisas e já saem se matando por aí, discutindo como se as poucas coisas que perceberam da tv ou uma página do Facebook fossem verdades absolutas, é bem triste.
    Discutir política é sempre algo muito bom, contanto que seja uma discussão saudável e que não termine do jeito que terminou por aqui, com tanta desordem. É totalmente desnecessário cair no tapa ou partir para qualquer tipo de ofensa por causa de partido ou ideologia política. Por exemplo, eu não gosto muito do que os conservadores defendem, mas não é por isso que eu vou sair batendo e xingando eles -q.
    Realmente, é necessária mais humanidade. Se todos pensassem mais sobre o que nos une, é bem provável que as coisas estivessem melhores. Talvez até mesmo a nossa infraestrutura fosse mais maneira, quem sabe -q.
    Estive pensando em tratar desse assunto lá no Ushinai também, mas sei lá -q Acho que eu iria acabar fazendo um verdadeiro livro husdhsudhs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também gosto de tratar de política, mas de um modo saudável, as pessoas ultimamente estão muito agressivas, tacando pedras em tudo, acho que tô perdendo o gosto de comentar sobre essa assunto por causa disso. Isso também, ninguém pesquisa pra saber de algo, só pegam qualquer coisa de uma página/canal/revista/whatever e tomam como verdade, isso é um horror.
      Isso, continue assim, Nyu. Sei que às vezes é bem difícil não xingar e tudo mais porque convenhamos, tem uma galera bem noob em história querendo tretar junto,, mas o que importa é não descer do salto e ser feliz discutindo amigavelmente, isso que forma o nosso pensamento crítico.
      Gent, que seja um livro então -q

      Excluir
  2. Uau! Eu não imaginava que ia ser tão profundo eu concordo tanto com você em cada palavra, a maioria desse povo que fica se matando por politica por ai não sabe que essa crise é mundial e até que demorou pra caramba chegar no Brasil, mas eu admito que eu ja cansei de ver jornal e de me informar sobre pois eu sempre vejo as mesma coisas, sempre tentando manipular a opinião do povo. então eu me foco em coisas boas e vou vivendo minha vida porque infelizmente quase ninguém pensa como eu ou entende meu ponto de vista e como eu odeio discussões e brigas eu tento evita-las.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, eu gosto de coisas profundas, querendo ou não tudo o que a gente faz ou vive tem um significado muito mais profundo e maior do que uma simples futilidade. Não gosto de ver pessoas se matando por causa de posição política, acho que cada um tem a sua e que é perfeitamente saudável discutir sobre isso, mas não de um jeito tão radical, as pessoas estão fazendo isso errado

      Excluir
  3. Nossa, Hari, falou tudo! *clap clap clap*
    A Hina-chan também fez um post parecido com esse há um tempo atrás, porque afinal, ainda tem pessoas que tem alguma noção nessa bagaça.
    Eu juro que não entendo esse povo que briga sobre política na internet. Minha mãe é uma dessas, ela fica postando um monte de coisa de política e discutindo e rebatendo e etc etc. Tipo, qual a necessidade disso, cara? Ela não xinga ninguém nem nada, mas acho muito desnecessário discutir com pessoas que obviamente não estão nem aí.
    Eu acho que tudo bem falar sobre política, expressar a sua opinião. O que está errado é brigar com outras pessoas por conta disso (não discutir, mas sim brigar, que é o que acontece).
    Eu só espero que essa situação acabe logo e o Brasil volte a ser o país do deboísmo na internet, porque eu quase nem entro mais no facebook de tanta brigaiada. Enfim, é bem isso que você expressou no último parágrafo. Vamos ser mais humanos! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada. Ah, eu lembro do post dela, acho que o post dela ficou ainda melhor que o meu, mas eu fiz pra lembrar a galera que não é só brigas que nos envolvem, nós deveríamos nos envolver de amor. Discutir sobre política é uma coisa, brigar sobre política é outra. Dê umas tapas na sua mãe por mim, ninguém deveria brigar na internet, ainda mais sobre política, esse povo não tem o que fazer? Mas que bom que ela não xinga, meio caminho andado.
      Eu também mal posso esperar pra acordar num lindo dia onde vai voltar tudo ao normal, sem Temer, sem brigas no facebook, sem crise... Num país utópico -q

      Excluir
  4. Yo Hari! Mona, esses teus posts sobre esses assuntos "mais polêmicos" estão sendo muito bons pra refletir um pouquinho mais sobre eles :333

    A coisa que mais me deixou perplexa nessa história do Impeachment de Dilma foi no fato de fazerem tanta questão de retirar a presidente como se isso fosse a garantia que o Brasil ia melhorar; E o pior é saber que a mídia brasileira tratou isso de uma forma tão porca (principalmente em relação a emissora Fuck Yeah, que tudo sabe mas nem tudo transmite, a Globo) que as pessoas menos informadas acabaram encucando com o que as emissoras transmitiram e decididamente quiseram arrancar Dilma da presidência sem ao menos analisar a situação direito antes.

    E o pior de tudo é ver que grande parte da população que fez parte dos processos pró e contra Impeachment estavam mais preocupados em saber qual dos lados iria ganhar essa disputa do que na situação que a educação do Brasil estava, a saúde, enfim, eles estavam mais empolgados com a briga do que com as motivações e os resultados dessas brigas infelizmente....

    Sabe, essas brigas por partidos, quando um grupo passa a denegrir o outro de forma baixa são ridículas desde a época dos nossos primeiros presidentes, onde várias pessoas morriam DE GRAÇA nas passeatas realizadas nas ruas em prol de um país melhor. Mas enfim, já dizia um pensador muito inteligente: "Uma nação apenas tem os políticos que merece" (não lembro bem se a frase era dessa forma, mas enfim), então se esses grupos não começarem a se respeitar, a discutir com argumentos sérios e respeitosos ~como estava sendo no início das manifestações~ esse país não vai pra frente nunca.

    Kissus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, ainda pretendo fazer mais uns dois pra encerrar minha cota -q
      Sem dúvida isso também foi o que mais me deixou com uma pulga atrás da orelha, por isso eu não fui para as manifestações, tirar a presidente não adiantaria de nada. E na minha opinião, a Dilma é ruim, mas o Temer é pior.
      Ai ai... A Globo... Não só a Globo, eu acho que todas as emissoras têm a sua parcela de culpa nisso, pois nenhuma é imparcial -claro, o ser humano é imperfeito e não dá pra ser 100% imparcial, mas putz...-

      O problema é que o brasileiro gosta de ver a putaria, a treta, a confusão, ninguém tá pouco se fudendo pra educação, saúde, infraestrutura e afins, a galera quer ver a confusão -e as Olimpíadas vieram pra calar a boca do povo-.

      Que as forças divinas protejam e guiem as pessoas que morreram nas passeatas, na ditadura, na Confederação do Equador, whatever... E que essas pessoas nunca vejam a situação que nosso país está. Adorei essa sua frase de efeito "Uma nação apenas tem os políticos que merece", acho que vou usá-la. Realmente, o nosso problema somos nós mesmos, os políticos são apenas reflexo da nossa sociedade.

      Excluir

Vai comentar? Leia as regrinhas:

~ Pode abusar dos palavrões o quanto quiserem, mas ofensas serão excluídas. Caso queiram criticar, críticas construtivas por favor;
~ "Seguindo, segue de volta?" Sim, mas fale um pouco do post também;
~ Pedidos? Fiquem a vontade;
~ Lemos a todos os comentários e sempre os respondemos;
~ No fim do comentário deixe o link de seu blog, se gostarmos, seguimos com prazer .

Pode comentar agora!