O lado ruim de morar junto com outra pessoa

25/01/2016 || || ||
Sim gente, foi culpa minha que não teve postagem ontem. Na verdade a Hari me matou umas seis vezes seguidas porque não postei. O problema é que eu estava sem ideia alguma e ainda por cima, meu tempo não estava dos melhores. Hoje eu estava conversando com a Hina-chii e eu -como sempre- reclamei do Lucas e seu vídeo-game, ela me deu essa ideia e cá estou eu digitando aleatoriamente sobre isso. Saiu praticamente um desabafo, estou puto da cara e sabe qual é a sensação de estar puto e não poder explodir com a pessoa que está puto? Sou eu agora! Bem, eu e o Lucas sempre temos pequenas discussões, normal, saudável, tranquilo e tudo mais.

Como eu falei, acho que estou odiando jogos. ARGH! Quando este maldito pega algum console, parece que um extraterrestre veio, pegou o Lucas e agora está usando o corpo dele. Oh, céus! Que ódio! E o Lucas é muito, mas muito viciado em jogos então a todo instante ele está, pelo menos, com um console na mão, mesmo que não esteja jogando ele já fez sexo comigo com um DS na mão, essa afirmação foi desnecessária? Claro, mas pra provar o quanto o vício é grande. Ah, e nem venha falar com ele quando estiver jogando, você será ignorado com sucesso, o máximo de atenção que já me deu enquanto jogava foi quando ele pausou o game pra me encarar com aquele olhar assassino de "me faça pausar de novo que estraçalho você".

E odeio aqueles barulhinhos que jogos fazem, ele já me acordou no meio da madrugada -sem querer, but whatever- com os sons do próprio jogo, trilhas sonoras e tals, e já pedi pra ele colocar no mute, mas ele me vem com uma resposta irônica como "Jogar é que nem torturar, se tirar o som, perde a graça" -quase lema dele quando falo de sons de jogos-. Pior, a coisa que mais me irrita nos jogos é o fato de sempre me sentir ameaçado pelo fato de talvez ele me trocar por algum dos jogos, isso é impossível? Sim, mas sou egocêntrico mesmo, sou fresco e individualista. Já o coloquei em algumas situações em que ele tinha que escolher entre mim e os jogos e ele milagrosamente achou opções que mesclem os dois, é como se eu me igualasse a um jogo, sabe? É infantil? Sim. Estou com ciúmes de coisas bestas? Sim. Estou sendo incompreensível? Claro, afinal eu também tenho meus hobbies que o irritam. Mas não preciso estar certo pra desabafar, certo?

Mudando de assunto: As coisas da casa, quem nunca se estressou? Well... Não sei cozinhar, lavar roupas, varrer a casa, organizar ou mesmo lavar a louça. Sou um fiasco fazendo qualquer coisa doméstica! Vim de uma família que tínhamos empregadas para fazer esse tipo de coisa e agradeço profundamente que o Lucas sabe fazer tudo isso divinamente bem. Mas não fico livre pra sempre, quando está muito pesado pra ele, me chega um pedido para lavar a louça e eu fico no pique pra recusar porque meu talento é nulo, aí vem aquela ironia dele a dizer "É escolher entre lavar a louça e fazer o jantar, qual prefere?", meus deuses! Não sei o que me irrita mais! Lavar a louça ou ouvir os sarcasmos dele -que gosto muito, mas são essas exceções que irritam-. 

Enfim... Foi o que consegui pensar com essa minha cabecinha pequena, o post foi inútil e curto, mas é melhor que não ter. No post vai parecer mais grave do que realmente é porque parece que eu sou o único irritado da conversa, e isso me irrita duplamente, mas não com ele e sim comigo mesmo! Sempre que começo a fazer birra o Lucas fica com uma cara meio "Aham, tá bom, dane-se" ou então nem sequer olha na minha cara -meus deuses, eu amo e odeio o fato dele não olhar na minha cara, sério shuashau-.

14 comentários:

  1. Nossa deve ser horrível mesmo, sou o tipo de pessoa que não nasceu pra morar com outra pessoa ( vou morrer sozinho com varios gatos ? sim ) porque tudo tem que ser do meio jeito, se não for do meu jeito eu ja caio na porrada asuahssua. Brincadeiras a parte, deve ter um lado bom também em morar com alguém, tipo, não nos sentimos tão sozinhos assim ou quando voce estiver morrendo de preguiça para fazer algo é só chamar a outra pessoa para fazer shssu, tente pensar no lado bom da coisa. Kisses

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade nem é horrível, eu que sou fresco e me incomodo com tudo. Mas você pode pensar que é horrível sim -q
      É bom morar com outra pessoa, é muito bom até, mais bom do que ruim, mas você precisa ceder a algumas coisas e aceitar a posição da outra pessoa... Essa parte é bem tensa mesmo ><

      Excluir
  2. Yooo Rih belezura!?

    Véi, me desculpa, mas eu tô rindo eternamente aqui! Começando pela sua afirmação "desnecessária"! Meu deus, se tu já queria me matar antes por shippá-los, agora vai querer me ressuscitar só para me matar de novo por eu ter rido da sua noite de amor! sahushaushaushaushu

    Enfim, como eu adoro games e coisas do tipo (mesmo sendo uma pobre alma sem dinheiro que não pode comprar nada), eu até entendo esse lado do Lucas de ficar em jogos e tals. Mas, ao mesmo tempo eu entendo o teu lado, pois aqui em casa minha mãe (por causa do trabalho) vive em volta do telefone e celular e vive cortando conversas por causa disso ou me ignorando! E obviamente eu fico extremamente puta!

    Mas num geral eu não acho que você esteja sendo fresco ou infantil, aliás, até te dou razão pela fúria (bem, isso se eu estiver imaginando a situação correta). Okks, ficar em volta de games e talls, mas cara tu é o macho dele, o love dele, pô dar uma pequena pausa no jogo para te ouvir não tem problema! Ou então, já tentou jogar junto com ele!? Mesmo que você não curta muito, acho que se fizerem isso juntos é capaz até de você começar a ver graça nos games!

    E sobre a parada de cozinhas, lavar roupas e empregadas..... Véi, cada vez mais que ouço sobre a tua vida, mais certeza eu tenho que tu vive em algum tipo de mangá yaoi! Mas, até pouco tempo atrás eu também não sabia cozinhar, fui meio que aprendendo na sorte, no final a pessoa se acostuma. Aliás, prefiro mil vezes fazer comida do que lavar louça!

    Enfim, boa sorte na sua batalha contra os consoles!

    Kiss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como você consegue dizer "noite de amor" sem ficar minimamente envergonhada? Só de ler isso eu já me sinto a pessoa mais tímida do mundo e me sinto mais sem jeito ainda de responder a isso >///< E sim, provavelmente eu vou levar você para as profundezas do Tátaro porque... NÉ?
      Não gosto de games, e como se não bastasse, não é algo que eu possa tirar dele, já que o Lucas joga desde os cinco anos, né? Fica meio complicado. E eu sou muito carente de atenção, não é a toa que gosto de fazer arte, gosto de chamar a atenção -e não gosto de ser julgado, assim fica difícil, né Rih?- e gosto mais ainda quando eu consigo chamar a atenção das pessoas, embora eu seja tímido -okay, eu sou meio contraditório- e isso não consigo fazer com ele, o Lucas é bem focado então não consigo chamar a atenção dele -q
      E eu sou péssimo em jogos, não consigo nenhum, já tentei jogar com ele, e já tentei muitos gêneros de jogos, todos no nível mais fácil, ou não saio do canto, ou então eu faço alguma magia pra morrer nos primeiros minutos e muitas vezes seguidas. A única coisa de jogos que faço é quebrar os vasos de um game aí da Nintendo -que não sei o nome-, o Lucas acha um saco quebrar vasos e costuma dar o controle pra mim, mas fora isso, nada mesmo.
      E não, não vivo em um mangá yaoi! Nossa, como assim? Eu estou começando a me convencer de tanto que a Hari fala isso pra mim, agora você? E sou muito desastrado na cozinha, muito mesmo, eu queimo, explodo, cozinho demais ou de menos as coisas, não dá! Sem zoeira, eu não consigo fazer nem miojo! Deixo os três minutos e mecho bem certinho, mas ele sempre fica uma espécie de mingau TT^TT

      Excluir
  3. Eu ja fui ciumenta assim, qnado meu atual marido ficava no vicio do starcraft e me deixava de lado, mas essa fase deçe passou e a minha tambem. Aqui em casa nos jogamos bastante as vezes juntos as vezes separados, eu diria que eu sou a chata aqui, por que tenho muitos gostos que ele não gosta.., mas do mais a mais vida a dois é assim mesmo, algumas coisas da pra sentar e conversar outras não adianta. é algo difícil mas prazeroso ao mesmo tempo.
    Otome Game br e +

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por isso que gosto do povo da blogosfera, estou errado e eles sempre acham que estou certo e entendem meu lado <3 De acordo com você, posso superar essa minha "fase", espero que esteja certa. Eu até gosto da vida a dois, é muito melhor do que morar sozinho e as coisas ruins se tornam pequenas

      Excluir
  4. Ai meu deus, Rih! Eu te entendo perfeitamente quando você reclama do vício do Lucas em jogos! Eu gosto de jogar algumas coisas e tal, mas tem gente que não tem noção, parece que esquece do tempo, do mundo, de tudo à sua volta e só o jogo importa!

    E com relação ao barulho, por que ele não joga de fones de ouvido? Só uma sugestão! o/ E não acho que tenha nada de tão egocêntrico em ter "ciúmes" dos jogos, afinal ele é capaz de passar mais tempo jogando do que conversando com você às vezes, não? Daí não é muito saudável pra relação ;-;

    E sobre as coisas da casa, acho que mesmo que você não saiba, você precisa aprender a se virar também, afinal não tem como uma pessoa só fazer tudo da casa sozinha né. Eu odeio limpar a casa, mas lavar louça, passar roupa, essas coisas eu não ligo de fazer não.

    Desculpa se pareceu que eu tava dando sermão em algum momento, não foi a intenção, ok? Só tentei dar algumas sugestões e falar a minha opinião. Aliás, o post ficou bom sim! Ficou bem pessoal e fácil de ler, às vezes é bom ler algo assim <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entende? <3 Sim! É exatamente isso que acontece, perder o tempo, o mundo e de tudo em volta. Descreveu muito bem, nada parece mais importante do que zerar aquele jogo ou então ultrapassar aquele inimigo.
      Ah sim, ele diz que detesta fios, isso eu compreendo, também detesto fios e quando ouço os meus k-pops não uso fones também -embora ele não goste tanto, mas nem escuto muito alto-. Foi o que disse, o Lucas é uma pessoa muito tranquila, é gentil, atencioso e carinhoso, mas quando está jogando, ele se torna focado naquilo. Eu também tenho a minha culpa, ele não deixa de falar comigo, é que sou muito carente por atenção e gosto de ter sempre alguém pra ficar tagarelando -q
      É, já pensei em ter que aprender a me virar, mas não é meu talento, definitivamente, já quebrei muita coisa porque não faço nada direito, sou muito desleixado...
      Ah, tudo bem, não ficou parecendo sermão, e mesmo se fosse, eu preciso disso às vezes, sou meio infantil e ainda não aprendi a crescer, então por vezes preciso ouvir umas verdades... Obrigado, eu acho que ele ficou muito curtinho e bobo, mas que bom que gostou!

      Excluir
  5. Yo, Rih! ~será que cheguei tarde?~

    Como pode ver, sua migz demenor aqui é bastante pontual com os comentários (só que no).

    Aaaaah, eu adoro videogame! É muito bom, e compreender os enredos complicados é como um aumento de Q.I para o jogador, pelo menos eu penso assim; Se você não gosta, respeito sua opinião, mas que é bom é!!!

    "Jogar é que nem torturar, se tirar o som, perde a graça"-Lispector,Lucas;

    kkkk, velho, bate palmas pra essa kreanssa que ele tá certo, eu digo o mesmo (Não nessa conjugação né, mas ok).

    É impressão minha ou mamizil escondeu de mim que eu tinha irmão gêmeo nos U.S.A? Caramba, o Lucas até pareceu comigo agora; No dia que a minha mãe foi fazer o parto da minha irmã, fiquei sozinho 4ever alone em casa cozinhando, lavando minha roupa e ajeitando a casa (Até a minha avó gostou da minha comida ~Lives Bistrô por 3 dias~).

    Ah, e eu tô ansiosa pra ver a tag que eu te passei, tá? Kisses ;3

    http://docetesrevolts.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem, eu tô com um tempo livre e talvez eu vá comentar no seu blog, mas bate aquela preguicinha... MAS CALMA! Juro que vou comentar depois >///<
      Eu até gosto de saber a história de alguns games, mas jogar não é comigo, já tentei vários gêneros e nada! NÃO CONSIGO FAZER NADA NESSA VIDA! Acho que pra jogar você precisa ter inteligência, rapidez, reflexos, enfim... Não sou tão bom assim, tanto minha capacidade mental quanto física é péssima -q
      E tenho que dizer que esse seu terceiro parágrafo é muito parecido com um dos discursos dele sobre jogos.
      Noooossa! Como você foi produtiva! Não consigo fazer essas coisas de casa tão bem assim, primeiro porque me canso rápido e segundo porque eu saio por aí quebrando tudo, coitados dos pobre objetos TT^TT
      E calma! Vou fazer! Tá aqui nos rascunhos pra isso!

      Excluir
  6. Oii Rii \o/ Tudo bem? Ser ignorado é horrivel'-' não te julgo u-u mas já tentou jogar também? Ou não gosta? Eu jogo, mas sou horrivel '-' mas como gosto vou tentando u-u.

    Sr.Lucas, jogos são legais, mas um Rih é bem melhor, não? u-u

    Quanto as tarefas de casa, é mais fácil aprender quando se é pequeno, mas no seu caso, só praticar um pouco, mesmo que não fique tudo um brinco, vale o esforço XP

    Não acho que seja infantil, talvez um pouco, mas não exista quem não tenha um pouco desse lado "infantil" e se tiver, pode saber que ela deve ser um tanto quanto chatinha. Ciumes é uma coisa do caperoto, você fica com raiva e tudo mais, mas acho que isso é um pouquinho saudavel, sentir ciumes u-u


    Não pude deixar de rir com o que disse sobre a noite de você e ele com o DS, cheguei a imaginar a cena e----e

    Pode vir a desabafar conosco sempre que sentir necessidades o/ Um abraço e até :3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depende, quando sou ignorado por causa de jogos, fico possesso mesmo, mas tem umas horas que ele não olha pra mim de propósito e acho isso muito sexy e fofo ao mesmo tempo, é um amorzinho -q
      Depende, eu já tentei muito jogar, já joguei tudo e de todos os gêneros pra ver se tem algum que eu faço bem, mas nada! Então por isso não gosto tanto: Eu não sei jogar. E sim, um Rih é melhor que jogos, vou fazer essa campanha >///<
      Espero que seja só prática mesmo, mas não espero praticar tanto assim porque tenho um relacionamento de ódio com os pratos -q
      Awwwwn, mas que fofo! Você acha mesmo isso? Eu não me orgulho de ser infantil, mas com isso, tenho um argumento pra usar >< E sim, é bem ruim ter ciúmes, mesmo que eu também ache saudável.
      Que horror! Não creio que você imaginou a cena! Não tô tão conformado assim em ser passivo pra conseguir lidar com gente que me imagina junto com o Lucas fazendo as coisas -q
      Obrigado, é sempre bom escrever por aqui ><

      Excluir
  7. Oi Richard :3 A gente nem se conhece, mas vejo seu post e não consigo me conter em comentá-lo.
    Sobre seu relacionamento, eu não acho que é infantilidade sua, não. Se você está se sentindo ameaçado por uma coisa inanimada, isso mostra o quão inseguro você está no relacionamento e acho bem plausível. Fiquei enfurecida com a afirmação 'desnecessária' ali em cima, e vou me conter nos palavrões aqui, mas poxa, achei uma grande sacanagem. Imagino que você deve amá-lo muito pra aguentar isso, e defendo que vocês deveriam ter uma conversa sobre. Não porque ele tem que para de jogar, ou porque ciúme de jogo é algo bobo, mas porque se você está tão chateado e inseguro com isso, talvez ele não esteja demonstrando o amor dele de uma maneira que faça você se sentir querido e importante, sabe?
    Sobre as tarefas domésticas... eu moro sozinha, e graças a Odin seu fazer tudo. Mas até os 12 anos, minha mãe fazia tudo em casa, e quando ela começou a trabalhar eu que tive que começar a fazer as tarefas. Minha dica é: aprenda fazendo. Hoje em dia a gente tem internet e tem MUITOS blogs com dicas pra facilitar as tarefas diárias, produtos de limpeza e tal. Eu mesma vivo descobrindo alguma coisa pra facilitar minha vida, hahaha! Particularmente acho bacana você começar a tentar aprender algumas dessas coisas, poque isso te dá mais independência na sua vida, num geral sabe?
    Um beijo pra você, espero que as coisas deem certo :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então prazer em conhecê-la, Shana ^^
      Tem razão que estou inseguro, mas na verdade sempre fui inseguro com tudo e tenho uma mania de me menosprezar, sabe? Até com namoro não é diferente, eu vejo tantas pessoas melhores que eu, porque ele escolheu a mim? Quando penso nisso, nunca chego a nenhum lugar, eu não sei o que tenho demais.
      E sobre a afirmação desnecessária, bem... Ele não estava jogando e no calor do momento não pensei em nada em minha volta, mas depois eu fiquei pensando "Quê? Por que diabos?" e até o confrontei, mas ele veio com um "Ah, isso? Não percebo, é automático". E talvez seja uma espécie de vingança shuasu. Você não sabe o quanto já fiz ele passar, eu era realmente a pior pessoa do mundo quando ainda morávamos no Brasil, por isso que não falo diretamente com ele sobre isso, acho que é o preço que pago por ter sido tão mesquinho e não ter respeitado os sentimentos dele antes.
      Sozinha!? Nossa, que incrível, não me imagino morando sozinho, não só pelas coisas de casa, é que eu preciso ter alguém pra passar o tempo ou então pra me impedir de fazer alguma besteira. De qualquer forma, adoro quando tem alguém pra fazer o trabalho pesado por mim, além de eu ser acostumado com isso, me sinto protegido, como se tivesse sempre alguém pra fazer o que não faço, é estranho, eu sei, e também sei que vou precisar me virar um dia desses, mas um dia desses irei dar uma pesquisada geral pela internet -q

      Excluir

Vai comentar? Leia as regrinhas:

~ Pode abusar dos palavrões o quanto quiserem, mas ofensas serão excluídas. Caso queiram criticar, críticas construtivas por favor;
~ "Seguindo, segue de volta?" Sim, mas fale um pouco do post também;
~ Pedidos? Fiquem a vontade;
~ Lemos a todos os comentários e sempre os respondemos;
~ No fim do comentário deixe o link de seu blog, se gostarmos, seguimos com prazer .

Pode comentar agora!