Prólogo: Vantery

01/04/2014 || || ||
Olá pessoal! Lucy, sei que você comentou no post anterior, eu estava no celular do Rih e quando deslizei a tela, sem querer apertei em "excluir" me desculpa tá? Sou muito lesada... Obrigada Thonn, vou botar você em segundo na lista de mais fofos -o primeiro sempre será o Rih- Enfim! Planejava esta história há tempos, mas meu grande taleto para começar um enredo não ajudou. Também tinha que fazer no mínimo cinco capítulos porque se não o tempo estre um capítulo e outro seria extenso, quem escreve fanfic sabe como é... Vamos ler? Juro que ficou ótimo -só minha opinião- 


ᆤᆤᆤᆤVivi em tempos de guerras, era conhecida por meus olhos diferentes de cor arroxeada, eu e meu noivo éramos os melhores lutadores em nome de Vantery, nossa nação, que estava em meio de uma guerra contra Kirchun. Um boato dizia que a monarquia de Kirchun tinha a habilidade de controlar as trevas que existiam dentro das pessoas. Nunca acreditei nisso, acabou que eu estava certa: A monarquia realmente não controlava as trevas, porém também não sabia que tipo de poder era aquele. Não negarei que morri nesse massacre, mas fiz questão de levar seu rei comigo e me neguei a aceitar que Vantery perdera uma grande aliada em batalha, me tornei um espírito de guerra por Vantery e o pior pesadelo de Kirchun... 
ᆤᆤᆤᆤMas essa história não é sobre mim, é sobre uma valente mulher, guerreira como eu, e seu professor e fiel protetor, Ikyshiho Kohaku. E a história começa mais ou menos assim:

ᆤᆤᆤᆤ– Yumi! Cadê meu uniforme? - Falava Hina, uma garota de cabelo liso e castanho, pele morena, olhos castanhos como os cabelos longos - Não estou achando!
ᆤᆤᆤᆤ– Estamos atrasadas e Kurshy já deve estar lá - diz Yumi, uma garota meio-asiática, em resposta.
ᆤᆤᆤᆤ– Tá bom! - diz impaciente, veste uma blusa qualquer e vão as duas para o "colégio". 

ᆤᆤᆤᆤLá neste tal colégio não tem muita coisa não, era somente um preparatório básico para a guerra adiada contra Kirchun, que falei anteriormente. Lá havia quatro professores principais: Ibuki, uma mulher com personalidade forte e assim como Hina, tem cabelo liso e castanho, mas é sempre amarrado por um rabo, dificultando assim, saber o comprimento real do mesmo. Os olhos castanhos sempre demonstram fúria com os alunos, então suas aulas são rigorosas e atividades difíceis de serem elaboradas. Akira é um homem que tem a personalidade totalmente oposta de Ibuki, ele é calmo, aconchegante, tranquilo, sorridente, paciente e muito compreensivo. Cabelo liso com leves ondulações, curto e negro como carvão mineral, os olhos da mesma cor dão a sensação de profundidade e sua pele tão desprovida de qualquer cor que contrastava terrorosamente com os cabelos e olhos.
ᆤᆤᆤᆤLeon é um homem preguiçoso além da conta, muitas vezes tem preguiça de falar, abrir os olhos ou ficar em pé. Boceja com frequência, aparentemente perdeu algo importante no meio da estrada da vida, mas nunca fala do passado. Seu estilo de ensinar é bem indiferente, prefere passar atividades que ele nunca vai pegar do que separar algo para falar aos alunos. Seu cabelo tem comprimento médio, por isso às vezes cobre a testa e até mesmo os olhos verdes que tem. Este cabelo um pouco acinzentado parece ser a única diversão dele, pois costuma entrelaçar os dedos por entre os cachos vez ou outra. Suas roupas sempre eram mal colocadas, sapatos desamarrados, camisa mal-desabotoada, calça dobrada, meias? Nem fazia o esforço de colocar. Talvez ele fosse a única pessoa do mundo que se veste mal para ir ao trabalho.
ᆤᆤᆤᆤKaillena era a mais extrovertida, brincava com as pessoas, mas fazia seu trabalho. Era loira dos olhos azuis, muito bonita, os cabelos longos sempre de um penteado diferente do dia anterior. Delicada, porém nunca revelou seu verdadeiro poder, então muitas pessoas acreditam que ela é mais forte até mesmo que Ibuki. Diz que foi uma das mais inteligentes alunas do colégio que atualmente ensina.
ᆤᆤᆤᆤDepois das aulas vejo Kohaku entrando no alçapão onde se encontra a prisão principal do distrito, onde ficam os prisioneiros mais perigosos.

ᆤᆤᆤᆤ– Sentiram minha falta? - Kohaku começou, deu um leve chute em uma cobertura de proteção que ficava no solo e pisou de propósito em um botão, abrindo desse modo, todas as celas. Mas ninguém saiu. Puro medo.

ᆤᆤᆤᆤKohaku não era uma figura tão amedrontadora. Era apenas um garoto de dezessete anos, não mostrava muita expressão no rosto na maioria das vezes. Tinha cabelo liso, curto e preto, um preto azeviche que contrastava perfeitamente com a pele clara, a íris dos olhos era tão escura que não se via a pupila. Nas roupas nada chamava muita atenção além faixa branca em cima da calça escura, envolvendo a coxa várias vezes, o propósito disso era óbvio, nessa faixa é onde guarda uma estaca preta, sua arma.
ᆤᆤᆤᆤEle encostou o dorso da mão na testa e a estaca saiu por si só da faixa, transformando-se em um pequeno disco com um palmo antes de ir em direção à mão de Kohaku. Os presos continuaram imóveis, afinal, era algo que Kohaku fazia quase todos os dias.

ᆤᆤᆤᆤ– Vão sair ou preferem que eu tire vocês? - falou em um tom frio, mas com a expressão parecida com tédio.

ᆤᆤᆤᆤUm dos prisioneiros saiu e logo após vários saíram acompanhando o primeiro. Kohaku esperou todos eles chegarem bem perto e começou o massacre! O único disco da mão dele se transformou em vários outros, voaram loucamente acertando vários presos ao mesmo tempo. O menino lutava e matava com todos os criminosos que apareciam na sua frente com os próprios punho ou com os discos giravam para todos os lados, nunca acertando Kohaku, era algo parecido com uma dança.

ᆤᆤᆤᆤ– Kohaku! - Chamou Shiho que chegava - não fique com a diversão só pra você!

ᆤᆤᆤᆤEle nem ao menos percebeu que seu principal rival chegara.
ᆤᆤᆤᆤKenchiro Ikyshiho, conhecido como Shiho, sim era assustador. Tinha uma aparência parecidíssima com Kohaku, as diferenças visíveis eram apenas os caninos maiores e os olhos vermelho sangue. Ele não suprime as emoções como seu rival, porém não era do tipo melancólico, somente quando estava sozinho. Seu sorriso é sádico, amedrontador, maligno. Shiho era mesmo este tipo de pessoa: Sádico, amedrontador e maligno. É primo de Kohaku.

ᆤᆤᆤᆤ– Shiho não estrague meu barato - diz Kohaku com nojo observando o primo matando e até arrancando membros dos criminosos com os dentes sem piedade.

ᆤᆤᆤᆤCom medo da nova figura, os presos voltaram pra cela e Shiho desanimado pôs o capuz de seu moletom preto e saiu de dentro do alçapão. Passou mais um tempo e Ibuki chamou Kohaku para fora da prisão.

ᆤᆤᆤᆤ– Kohaku! - dizia furiosa vendo Kohaku sair bocejando tranquilo e coberto de sangue - Por que vocês do clã Ihyshiho são os únicos que não têm medo de mim?
ᆤᆤᆤᆤ– Por que não somos idiotas - Kohaku diz entediado.

ᆤᆤᆤᆤA raiva de Ibuki anulou-se em sorriso pacífico e depois disse:

ᆤᆤᆤᆤ– Se importa em ficar na mesma equipe que as irmãs Hinamoto?
ᆤᆤᆤᆤ– Só pode estar de brincadeira, qual é o motivo? - retrucou ele com raiva.
ᆤᆤᆤᆤ– Uma missão: Uma delas tem um poder que precisa ser protegido e Kirchun sabe disso, seu papel é protegê-la. É bom que não falhe.
ᆤᆤᆤᆤ– Porque eu? - disse Kohaku não gostando da ideia e com um semblante sério.
ᆤᆤᆤᆤ– Porque você é o aluno mais forte que já ensinei - ela diz gentilmente e beija a testa de Kohaku.

ᆤᆤᆤᆤEle fica um pouco feliz por escutar aquilo, mas não demonstra nada além de frieza e aceita a missão. Depois de falar com a professora, ele pegou o caminho de casa, sem se importar de caminhar na estrada chamando a atenção das pessoas. O motivo? Todos costumavam ter medo dele, ele colocava mais medo ainda quando banhado de sangue.
ᆤᆤᆤᆤAbriu a porta destrancada de sua casa, que parecia abandonada, e foi andando até uma porta trancada, dizendo ao se aproximar:

ᆤᆤᆤᆤ– Tadaima...

ᆤᆤᆤᆤO que é estranho, não havia ninguém em casa. Kohaku também sabia disso. 

-----------------------------------------------------------------------------------
Então? Foi só um prólogo, espero ler vossas opiniões -eu estou lendo muitos blogs portugueses- se tiver votos positivos eu continuo, se tiver votos negativos arrumo uma outra coisa pra fazer. Vou dizer o que vocês deveriam ter percebido: Não descrevi a Yumi e nem a Hina, porque coloquei elas lá se são secundárias? Porque Kohaku disse "Tadaima" se não havia ninguém em casa? Porque o Leon é tão sexy? Porque a Ibuki, que é agressiva, foi tão gentil com Kohaku? Hoje no Globo Repórter. -q

Sim, fiquem curiosos seus gatenhos <3 

10 comentários:

  1. Acabei de conhecer o blog por uma postagem no blog do Thonn, muito lindo o layout. Filha de quem? Sou filha de Apolo, chalé sete aqui u3u
    Continua sim, eu estou curiosa já ~

    Beijos,

    tea-with-cake.net

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Thonn é um pão <3
      Sou filha de Hermes *------*
      Obrigada, estava mesmo pensando em continuar u.u

      Excluir
    2. Olhe menina kkkk...
      Que história é essa de pão?
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...
      Seu google+ é a maior zueira viu kkk.
      Ei quando for compartilhar novamente me marca para eu ficar ligado nas atualizações kk.
      Continua, já to vendo que isso aqui vai dar história viu kk.
      Abraço.

      Excluir
    3. Sim, um pão -q
      Vou te marcar eternamente -qq
      Você também é um pão Diego ♥
      Vai dar mil tretas nessa história TUTS TUTS

      Excluir
  2. Tudo bem, que isso!
    Eu estou adorando!
    Continua!
    Bjs!

    Www.desakura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por entender, vou continuar u.u

      Excluir
  3. Genty, amei essa história, #NyuMorrida! Gostei muito -q OLHA, TEM UM AKIRA, MDS VAMOS FAZER UMA CONVENÇÃO DE AKIRAS, HARI NEGA -w-
    Okay, não vou comentar um livro, estão quase me arrancando do computador, socorro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu e uma amiga estávamos pensando nisso há séculos -q
      Akiras, porque tão fodas?

      Excluir
  4. Konnichiwa Hari-chan Veja hoje no globo repórter? Sua doida - mas linda -. Eu li o Capítulo 1 pt. I, mas como não entendi bem, decidi seguir o conselho que colocou no post e voltei, agora a história começou a fazer sentindo. Aqui como no outro está tudo bem, explicadinho e até um final misterioso. Enfim, vou estar acompanhando! Bai, bai!

    Otaku ★ Fudanshi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Globo repórter kkkkkk
      Foi a melhor coisa que pensei '-'
      Minhas histórias sempre são confusas por si, mesmo sabendo da história toda, minha intensão é sempre fazer as pessoas pensarem, fazer um mistério no ar -q

      Excluir

Vai comentar? Leia as regrinhas:

~ Pode abusar dos palavrões o quanto quiserem, mas ofensas serão excluídas. Caso queiram criticar, críticas construtivas por favor;
~ "Seguindo, segue de volta?" Sim, mas fale um pouco do post também;
~ Pedidos? Fiquem a vontade;
~ Lemos a todos os comentários e sempre os respondemos;
~ No fim do comentário deixe o link de seu blog, se gostarmos, seguimos com prazer .

Pode comentar agora!